quinta-feira, 30 de abril de 2015

Mude.

É difícil saber enxergar o momento crucial onde se deve mudar (ou encontrar) o rumo da sua vida. Passamos a maior parte do tempo no modo automático, fazemos tudo por puro comodismo. Ficamos tão concentrados em sermos robôs das nossas próprias vidas que não notamos o quanto estamos frustrados e decepcionados com nós mesmos. Nos tornamos pessoas amarguradas, deprimidas e estressadas; descontando em todos a nossa angústia de termos enfrentado a nós mesmos e irmos em busca dos nossos sonhos.
Pois então, vamos lá. Colocar um ponto final em absolutamente tudo o o que nos chateia e nos faz infeliz; façamos algo, por menor que seja que nos faça sentir orgulho de nós mesmos, e assim, poderemos encontrar talvez, a felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário